EMAE participa de evento de reinauguração do Cine Marquise

Uma das patrocinadoras da reabertura do tradicional cinema, Empresa apoia também outros projetos culturais

 

A EMAE, uma das patrocinadoras da reabertura do Cine Marquise, tradicional cinema de São Paulo, participou nesta terça-feira (19) da coletiva de imprensa de relançamento do espaço para jornalistas e influenciadores digitais. O icônico endereço dos cinéfilos da cidade está de volta ao Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, com nova identidade e totalmente reformulado.

Inaugurado em março de 1963, as salas de cinema contam agora com telas importadas, poltronas especiais, café e bombonière, em um espaço completo de conveniência e serviços. A Sabesp e a Globo Play são as outras duas patrocinadoras do projeto.

A EMAE vem investindo cada vez mais em ações no campo cultural, como a iluminação da fachada do Museu da Língua Portuguesa, reinaugurado no último mês de agosto; o projeto “Arte na Praça”, que promove exposições ao ar livre em duas praças da capital; e o plano de trabalho do Museu da Imagem e do Som – MIS, que em breve deve utilizar os recursos para nova exposição.

Para o diretor-presidente da EMAE, Marcio Rea, apoiar projetos como o Cine Marquise é uma forma de ampliar os espaços culturais e de entretenimento na cidade e incentivar cada vez mais a população a participar dessa que é uma das principais atividades para quem mora e visita São Paulo.

“Queremos investir em atividades que possam agregar coisas boas à vida das pessoas, a exemplo do que temos feito nas margens do rio Pinheiros, apoiando a revitalização da ciclovia e implantação do Parque Bruno Covas. A população precisa de espaços de cultura, lazer e esportes”, afirma o executivo.

O gerente de Comunicação da EMAE, Mario Luiz do Nascimento Oliveira, também ressalta a importância de a companhia contribuir com projetos culturais de relevância.

“Há algum tempo, temos incentivado esse tipo de ação. Pensamos na cultura não apenas como um bem à imagem da empresa, mas uma riqueza que o país deve se orgulhar. Para nós, é um objetivo devolver para a população de São Paulo um pouco do bem que fez pela EMAE. Podemos dizer que, em todos os momentos do desenvolvimento da cidade, a empresa estava aqui”, ressalta. Vale lembrar que a EMAE é originária da antiga Light, que se instalou em São Paulo em 1889.

O CEO da Tonks, empresa que administra o Cine Marquise, Marcelo Lima, falou sobre a emoção de reabrir o espaço. “O sonho de operar um cinema parecia algo distante, até que, em um momento mais improvável, durante uma pandemia, apareceu a oportunidade e nós a agarramos com unhas e dentes. Com a participação de uma equipe determinada e dos nossos patrocinadores, tudo isso foi possível”, finaliza.

19 de outubro de 2021.