Especialistas debatem crise energética no Brasil

Assessor de Novos Negócios da EMAE participa de evento on-line sobre as causas e consequências da falta de água

 

Realizado no último dia 2 pelo Instituto de Engenharia, o webinar “A crise energética do Brasil” discutiu a situação atual, as causas e as consequências da crise hídrica e energética no país.

A palestra contou com a presença de professores especialistas no assunto e, como mediador das perguntas dos participantes, foi convidado o Assessor Especial para Captação de Negócios da Presidência da EMAE, Fernando Moliterno. As boas-vindas ao encontro foi realizado pelo presidente do Instituto de Engenharia, Paulo Ferreira, e as palestras ministradas pelos professores Ildo Sauer, Renato Zambon e Frederico Mauad.

Assim como aconteceu em 2001 e 2014, épocas em que o país viveu graves crises hídricas, o Brasil enfrenta neste momento a falta de água nos reservatórios das usinas hidrelétricas, com a falta de chuvas, o aumento das tarifas e o temor por um novo apagão. Diante desse contexto, os palestrantes puderam apontar algumas soluções e perspectivas futuras para o tema.

Em uma das perguntas enviadas pelo público, Moliterno solicitou a opinião de um dos palestrantes sobre o projeto em desenvolvimento da EMAE para a implantação de usinas fotovoltaicas flutuantes no reservatório Billings, em São Paulo. O professor Frederico Mauad disse enxergar uma grande viabilidade na proposta, além de vantagens oferecidas pelas pequenas centras hidrelétricas (PCH), com regulação consistente para haver investimento nacional e internacional com garantia de retorno. Fernando, então, alertou sobre a importância de estudar situações que sejam favoráveis ao meio ambiente, respeitando os limites dos impactos que podem ser causados, medida já realizada pela EMAE.

“Diante das inúmeras possibilidades de recursos para a geração de energia no Brasil, o futuro das energias renováveis, como é o caso das fotovoltaicas, é a esperança para solucionar os problemas em torno do abastecimento público e da energia do país”, declarau Moliterno.

O evento completo pode ser assistido pela página oficial do organizador no Youtube - https://www.youtube.com/watch?v=i0hPFzq9g6g.

Setembro de 2021.