Rio Pinheiros: nova subestação a gás da Usina São Paulo recebe equipamentos chineses

Peças como barramentos, disjuntores, seccionadoras e transformadores de corrente e potencial vieram do Porto de Santos e estão prontas para serem instaladas no local

 

No último sábado (15), começaram a chegar à Usina São Paulo (antiga Usina de Traição), estrutura da EMAE no Rio Pinheiros, equipamentos do circuito elétrico que serão utilizados na nova subestação a gás que está sendo construída no local. As peças foram fabricadas pela empresa chinesa Chint Electric Co.

Equipamentos como barramentos, disjuntores, seccionadoras, transformadores de potencial e de corrente, para-raios e painéis de comando, que vieram da China e estavam no Porto de Santos, serão instalados em breve na subestação. No total, 12 carretas serão utilizadas para fazer o transporte.

Essas são as etapas finais do empreendimento, que começou a ser construído em maio do ano passado com investimento de R$ 40 milhões. A nova subestação de energia da Usina São Paulo, antiga Usina de Traição, deve entrar em funcionamento no próximo semestre, oferecendo mais confiabilidade no fornecimento de energia para a usina.

Mais moderna em relação à Estação Transformadora de Usina (ETU) já existente no local, a nova subestação está sendo construída no conceito de GIS – subestação isolada a gás SF6 (hexafluoreto de enxofre) –, que diminui a área total ocupada em torno de 75%, dando espaço para outras ações do Programa Novo Rio Pinheiros, de despoluição do rio e revitalização do seu entorno.

Maio/2021